Reviravolta: Atitude do goleiro Diego Alves deixa presidente do Grêmio revoltado

Diego Alves em ação pelo Flamengo contra o Atlético-MG (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Nos últimos dias, Diego Alves e o Grêmio haviam acertados um contrato para a temporada de 2023, porém, a diretoria tricolor decidiu encerrar a negociação após o atleta discordar de cláusulas secundárias do contrato.

O site Torcedores apurou que o presidente Alberto Guerra ficou revoltado com a postura do jogador durante o processo de finalização do acordo. Isso porque, Diego Alves exigiu a modificação de alguns aditivos de produtividade após o acordo ter sido selado na última semana.

Leia também:

O ex-camisa 1 do Flamengo ouviu que a prioridade é manter o clube em ordem e, como o Grêmio paga em dia seus atletas, o dirigente foi até o limite financeiro que poderia cumprir. Apesar disso, o mandatário está disposto a retomar as conversas desde que o atleta aceite os parâmetros iniciais.

As partes já tratavam o fim das conversas, a negociação emperrou em trâmites burocráticos entre Grêmio e Diego Alves em meio à troca de documentos. Desde então, as tratativas esfriaram e, posteriormente, foram encerradas.

Internamente, Diego Alves é bem avaliado pela diretoria, comissão técnica e, principalmente, por Renato Portaluppi que recomendou sua contratação. O técnico deseja reforçar o elenco com um goleiro experiente, uma vez que, Gabriel e Brenno alternaram bons e maus momentos em 2022.

Alberto Guerra tinha chegado a um acordo com o jogador no início do mês, conforme informou o Torcedores. Com a desistência, o clube volta ao mercado da bola em busca de um goleiro com bagagem para defender o Grêmio em 2023.

Enquanto isso, Diego Alves vem treinando com uma equipe multidisciplinar contratada por seu estafe. O empresário do jogador, Eduardo Maluf, que tem grande entrada em clubes da Arábia Saudita, Catar e Emirados Árabes, tenta levá-lo para o Oriente Médio.

Com o fim das conversas com Diego Alves, o Grêmio tem quatro goleiros sob contrato para começar a próxima temporada: Gabriel Grando, Brenno. Felipe Scheibig e Adriel Ramos. Phelipe Megiolaro, que tem vínculo até o dia 31 de dezembro, será dispensado pelo clube.

Retirado de: Torcedores