Reforço chegando: Flamengo aceita subir oferta

Marcos Braz durante sua participação no programa Seleção do SporTV (Foto: Reprodução)

Após a aposentadoria do experiente lateral-esquerdo Filipe Luís, o Flamengo se vê em busca de um substituto à altura para reforçar seu elenco. O principal alvo dessa busca é Matias Viña, jogador uruguaio que atualmente pertence à Roma e está emprestado ao Sassuolo, na Itália.

Segundo relatos da jornalista Raisa Simplicio, o técnico Tite tem um grande interesse em Viña, o que levou o Flamengo a considerar aumentar sua oferta inicial. Até o momento, o Rubro-Negro propôs 6 milhões de euros, uma cifra significativa, mas ainda inferior aos 10 milhões de euros pedidos pela Roma.

Leia também:

— O Flamengo segue em compasso de espera pelo Matias Viña. O Rubro-Negro topa subir também a oferta junto a Roma, mas a diretoria da Roma ainda está esperando algo melhor. O clube está naquela de aguardar algo acima, acha que vai aparecer alguma coisa superior. Mas pelo o que conversei com algumas pessoas no mercado, o mercado para o Matias Viña está parado, disse Raisa.

Matías Viña em ação pela Seleção Uruguaia (Foto: Leonardo Carrenõ)

Essa oferta do Flamengo se destaca no mercado, pois, apesar do interesse de outros clubes brasileiros pelo lateral-esquerdo, nenhum demonstrou disposição para igualar ou superar essa quantia. Essa realidade coloca o Flamengo em uma posição de vantagem nas negociações.

— Apesar de alguns clubes no futebol brasileiro terem demonstrado interesse no Matias Viña, nenhum deles esteve pelo menos até agora, disposto a pagar o que o Flamengo está disposto a pagar junto a Roma. Esse é um ponto importante dessa situação envolvendo o Matias Viña. O que apareceu até agora, foi menos do que o Flamengo está disposto a dar a Roma, relatou a jornalista.

Por outro lado, o Sassuolo, que atualmente conta com Viña em seu plantel, já expressou que não tem condições financeiras para entrar na disputa pelo jogador, rejeitando a possibilidade de pagar os 10 milhões de euros exigidos pela Roma.

— O Sassuolo, por exemplo, time que ele está emprestado, já não vai mais ficar com ele, não vai comprar ele. Já chegou até a dizer para Roma que não tinha condições de pagar esses 10 milhões de euros que a Roma está exigindo. Então a situação do Flamengo é esperar. O clube confia que vai conseguir a contratação do Matias Viña no modo ‘gelo no sangue’ do Marcos Braz, finalizou ela.

Diante deste cenário, o Flamengo adota uma postura de espera, confiante de que conseguirá assegurar a contratação de Matias Viña. A diretoria do clube, sob a liderança estratégica de Marcos Braz, conhecida pelo ‘gelo no sangue’, mantém-se otimista quanto à possibilidade de agregar o talento uruguaio ao seu elenco para a temporada.