Sem acordo por renovação, Flamengo liga alerta por destaque das categorias de base

15
Daniel Cabral durante um treinamento do Brasil (Foto: Alexandre Loureiro/CBF)

A diretoria do Flamengo ainda não conseguiu acertar a renovação de Daniel Cabral, volante joia do clube e que foi campeão mundial sub-17 pela seleção brasileira, em 2019.

A diretoria tenta a extensão de contrato de Daniel Cabral desde o começo do ano, mas o jogador acabou deixando de trabalhar com o empresário que estava no comando da negociação, o que travou as conversas. O sinal de alerta foi ligado no Flamengo, pois o atual vínculo do jogador com o clube vai até maio de 2021 e, a partir de dezembro, ele está liberado para assinar pré-contrato com outra equipe.

Atualmente, Daniel Cabral não tem um representante oficial. As conversas estão sendo conduzidas pelo pai do volante, o Senhor Alex Oliveira. Alguns empresários já entraram em contato com Alex prometendo ofertas de vários lugares da Europa, mas a ideia do atleta e da sua família é dar prioridade ao Flamengo.

Mesmo com 18 anos, Daniel Cabral é peça fundamental do elenco Sub-20. No Flamengo desde os tempos de futsal, o volante já conquistou títulos importantes com a camisa rubro-negra: Copa do Brasil Sub-17, em 2018, e, em 2019, Brasileiro Sub-20, Brasileiro Sub-17 e Campeonato Carioca.

Retirado de: O Dia

15 COMENTÁRIOS

  1. O Flamengo não pode se dar o luxo de perder esse muleke, muito bom de bola, me surpreendeu na seleção no último ano. Podem acreditar, escrevam o que eu estou falando. Qualquer coisa, é só pesquisar no YouTube

    • Exatamente, Concordo plenamente contigo amigo…
      Se o colocarem pra treinar entreis Profissionais, ele seu pai e a família dele, irão ficar animados com a perspectiva de verem ele ter oportunidades para jogar no Time Profissional…
      Facilitando assim, a sua renovação com o FLAMENGO!!!

  2. Se já sabiam desta dificuldade por este talento não deveria ter facilitado a saída de outro talento da mesma posição, Vinícius Souza. Sem falar no empréstimo do Hugo Moura.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here