Bruno Guimarães diz não ter mágoa do Flamengo e deixa caminho aberto

11
Bruno Guimaraes em ação pelo Athletico (Foto: Albari Rosa/Tribuna do Paraná)

Um dos grandes nomes do Lyon, da França, e esperança para o futuro da Seleção Brasileira, o volante Bruno Guimarães concedeu uma entrevista exclusiva ao ‘Lance’, e falou não só do seu presente, mas também do passado. Cria do futsal, o meio-campista de 23 anos teve uma passagem pelas divisões de base do Flamengo, mas acabou não sendo aproveitado.

Capitão de um time que tinha, entre outros jogadores, o atacante Pedro, que hoje brilha no próprio Rubro-Negro, Bruno acabou dispensado sem nem ter atuado pelo time de campo.

— Eu joguei muito tempo no futsal do Flamengo, acho que uns três, quatro anos, e a minha única “mágoa” foi não ter sido chamado para o futebol de campo. Eu sempre estive lá, era o capitão da equipe, e não tive essa oportunidade de ir para o campo – afirmou ao Lance.

Apesar de dizer que gostaria de ter sido testado, o atleta afirmou que não guarda mágoas do clube carioca.

Mas não guardo nenhuma mágoa, não. Eu era muito jovem, tinha 11, 12 anos, não guardo mágoa nenhuma, não.

Antes de ir para o futebol europeu, quando acertou com o Lyon, Bruno Guimarães chegou a ser especulado no Flamengo, algo que não se concretizou. Hoje, entretanto, o camisa 39 disse que “não fecha as portas” para o atual bicampeão brasileiro, mas que, em caso de volta ao futebol brasileiro, sua prioridade é o Athletico-PR.

— É difícil dar essa resposta (volta ao futebol brasileiro). Eu tenho um carinho muito grande pelo Athletico, foi o clube que me fez aparecer para o cenário mundial, mas é difícil eu falar que não jogaria num clube. A gente sabe como é o futebol hoje em dia, as coisas acontecem muito rápido, e eu não fecharia essa porta (Flamengo) – disse Bruno Guimarães.

— Mas hoje, se eu voltar ao Brasil, a minha prioridade é o Athletico-PR. Por tudo o que eu vivi lá e por tudo o que eu passei – concluiu.

Retirado de: Lance

11 COMENTÁRIOS

  1. Não é só o clube que se chateia com os atletas, os atletas também se magoam profundamente com o clubes e com razão. Por que não poderia ser assim?

  2. Nessa fala dele tem magoa sim!,Nem que seja um pouquinho,tem sim!,pois só o fato de falar que daria preferência ao clube do Paraná, Já diz tudo né!….Me lembro do Ronaldo quando deu p troco no Flamengo, se tratou e etc!….aí depois foi e fechou com o Corinthians, e essa história muitos flamenguistas conhecem muito bem como foi o início da carreira do fenômeno.
    Sempre fica alguma magoa!

  3. Este Wilson é um retardado, o Flamengo que não quis o cara ,ele acabou de falar que não fecha as portas pro Flamengo, este é muito iguinorante, não pensa pra escrever as coisas.

  4. Diz que não tem mágoa, mas tem uma mágoa? Então tem mágoa, ou não tem mágoa? Se tem mágoa, pq diz que não tem mágoa? …e se diz que não tem mágoa, pq fala da mágoa?

    • Qual é o problema do cara dizer que gostaria de voltar ao Athlético PR? O Flamengo dispensou ele da base porque quis. Ainda sim ele não fechou as portas para nenhum clube. Boa sorte Bruno Guimarães em sua jornada.

      • Falou e disse tudo, parabéns pela sua colocação. Temos que respeitar e acima de tudo dar o respeito a opinião dos outros mesmo que não nos agrade totalmente.

      • Entao, a questão aqui é que torcedor tem memoria bem curta, qdo ele estava no Sintético-PR o Flamengo sondou ele e ele não quis vir, disse na época, que não tinha interesse, 1 mes depois, foi negociado c o Lyon.
        Então que continue no Lyon e ao voltar ao Brasil fique bem longe do Flamengo. Já se vingou do Flamengo quando esnobou a sondagem.
        Queremos no Flamengo quem tem DNA Rubro Negro: Paquetá, Viny JR, Reinier…

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here