Técnico do Bragantino é sincero ao falar sobre o futuro de Léo Ortiz

Léo Ortiz com a camisa do Red Bull Bragantino - Marcello Zambrana/AGIF (Marcello Zambrana/AGIF)

O Flamengo se mantém ativo na busca por reforços para fortalecer seu elenco, com o zagueiro Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino, emergindo como o alvo primordial da equipe rubro-negra. A novela envolvendo a possível transferência do jogador ganhou novos capítulos após declarações do técnico Pedro Caixinha, do Bragantino, que, de maneira enfática, expressou sua vontade de manter o atleta em sua equipe, apesar do evidente interesse do clube carioca.

Após o empate em 1 a 1 contra o São Bernardo, no qual Léo Ortiz deixou sua marca ao balançar as redes, a postura de Caixinha foi clara durante a coletiva de imprensa. O técnico reforçou sua visão de não conceber o time sem a presença do zagueiro, minimizando o poder de atração e financeiro do Flamengo. Caixinha enfatizou que, embora as negociações sejam geridas pelo diretor esportivo Diego Cerri, ele se mantém a par do andamento, mas considera o assunto encerrado, priorizando a permanência do jogador.

— Não penso na minha equipe sem o Léo. Também não me importo com o poder, com todo respeito que tenho pelo Flamengo. O Diego (Cerri, diretor esportivo) está dirigindo todas essas situações. É uma situação que não me diz respeito, diretamente, mas estou constantemente informado em relação a isso. Mas nós também temos a nossa força de marcar os nossos termos e as nossas definições. É a única coisa que tenho a dizer sobre isso. O assunto Léo, para mim, é um assunto mais do que encerrado, afirmou o técnico.

Diante dessas considerações, os próximos dias prometem ser cruciais para definir o destino de Léo Ortiz. Com o Flamengo ainda no mercado e o Bragantino firme em sua posição, a conclusão dessa negociação será um dos pontos de atenção para torcedores.

Léo Ortiz em ação pelo Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Carreira de Léo Ortiz

Léo Ortiz iniciou sua trajetória profissional no Internacional, onde foi promovido ao elenco principal em 2017, destacando-se rapidamente e contribuindo para o retorno do clube à Série A do Brasileirão.

Posteriormente, foi emprestado ao Sport, onde se sagrou campeão da Taça Ariano Suassuna e assumiu a faixa de capitão, demonstrando liderança e habilidade defensiva. Em 2019, transferiu-se para o Red Bull Bragantino, onde teve papel fundamental na conquista da Série B de 2019, ajudando o clube a retornar à elite do futebol brasileiro e se estabelecendo como um dos principais zagueiros do país​​.